Psicografia

O que é Psicografia?

Psicografia também designada por escrita da mente, escrita da alma ou escrita espiritual trata-se de uma modalidade onde são recebidas mensagens através da escrita. É uma expressão mediúnica que consiste na comunicação discursiva escrita de uma entidade por intermédio de um ser humano, neste caso, o terapeuta de Psicografia. Durante a consulta de Psicografia essa informação provém, tipicamente, do Eu Superior ou dos Guias Espirituais do consultante.

A Psicografia pode ser mecânica, semi-mecânica ou consciente, dependendo do grau de conexão do terapeuta durante o processo de escrita, bem como do teor das mensagens apresentadas. Durante a consulta são recebidas mensagens da alma do consulente que são relevantes para sua orientação no momento em que este se encontra ou para o seu processo terreno global. Nessa medida, a consulta pode assistir a pessoa a reorientar a sua direção em função do propósito da sua alma.

A Psicografia pode também ser uma expressão artística, existindo livros inteiros, discursos ou textos provenientes dessa fonte. Há até quem diga que toda e qualquer forma de arte é canalizada através do artista. Entre textos ditos psicografadas encontram-se obras inteiras de diversos autores mundiais, nomeadamente escritores como Chico Xavier, Robert Louis Stevenson, Victor Hugo ou Bezerra de Menezes.

Como é que a Psicografia apareceu na minha vida?

Desde pequenina sempre fui apaixonada por escrita. E também desde pequenina sempre sonhei visitar a Polinésia Francesa. Fui crescendo e essas paixões e sonhos foram ficando adormecidos. A escrita acabava sempre por irromper na minha vida, sobretudo nos momentos em que mais precisava. Na altura, não compreendia, mas agora tenho plena noção de que era Psicografia a acontecer-me e a guiar-me através do que ia vivendo. 

O Pacífico sempre me “chamou” e havia uma notória e forte afinidade entre mim e essa zona geográfica, que há cerca de cinco anos me levou a fazer a minha primeira viagem a solo à Ilha da Páscoa, Tahiti, Mo’orea e Bora Bora. Durante a viagem aconteceu uma enorme sincronicidade enquanto voava em direção a Bora Bora, que era a resposta a uma questão que tinha colocado no meu diário dias antes, enquanto visitava Mo’orea. Aquilo mexeu muito comigo, pois era evidente que a vida estava a comunicar comigo e uma das principais formas através das quais o fazia era a escrita.

Em Bora Bora senti um enorme chamamento para continuar a escrever no diário aquilo que havia iniciado dias antes e as palavras fluíram através de mim, como se eu estivesse num transe. A partir daí não tive mais dúvidas de que a Psicografia era uma constante presença na minha vida e comecei a familiarizar-me com ela, a permitir que fluísse através de mim e a usá-la para me guiar. Mais tarde, por incentivo de pessoas próximas que se apercebiam desta actividade, também comecei a ajudar outros através da palavra escrita.

Hoje a Psicografia faz parte da minha vida diária e é uma ferramenta que uso para clarificar situações do dia-a-dia, orientar decisões e confortar a alma e o coração.

Descubra mais sobre a Consulta de Psicografia aqui!

Leave a Reply

%d bloggers like this: