Tantra & Tao

Este ano foi recheado de descobertas incríveis para mim. A minha jornada com o Qigong começou há dois anos e agora tive a oportunidade de explorar mais sobre essa arte, enquanto vivi num Retiro de Kung Fu onde me tornei Professora Certicada de Qigong e pude ensinar outras pessoas. Apesar do Qigong derivar da Medicina Tradicional Chinesa, eu só me inteirei deste ramo em Dezembro, quando uma amiga que está presentemente a completar o Curso de Medicina Chinesa, se disponibilizou para me explicar uma série de coisas. De entre os recursos que ela partilhou comigo, um deles foi o clássico a Medicina Chinesa entitulado O Imperador Amarelo, que recomendo vivamente.

Aprofundar este tema leva-nos inevitavelmente ao Tao, cujas origens remontam à origem da Medicina Chinesa. Recentemente, eu acabei por passar algum tempo no Tao Garden a estudar Tantra & Tao com um casal que dedicou a maior parte das suas vidas a estas artes: o Colin e a Marina.

O Tantra e o Tao estão intimamente relacionados. O Tantra deriva do Hinduísmo e Budismo e a palavra Tantra significa qualquer texto, teoria, método, técnica ou prática amplamente e sistematicamente aplicável. Tao ou Dao deriva da Tradição Chinesa e pode ser traduzido como o caminho, a estrada, o princípio ou até ciência holística. Apesar de virem de civilizações diferentes, ambos se encontram numa série de práticas, especialmente no que toca a terapias de saúde. A filosofia de base é muito semelhante: Chakras & Dan Tiens, Yoga & Qigong.

A forma como ser o humano é considerado e o seu papel supremo nesta forma de vida são comuns a ambas estas filosofias milenares, que são primariamente famosas pelo seu papel relevante no que toca a saúde e longevidade.

 

Se quiser apoiar diretamente o trabalho do Skin at Heart, pode fazê-lo por contributo mensal através do Patreon.

 

Deixar uma resposta