Série de Entrevistas Hormonas Saudáveis e Felizes

Antes de mais eu gostaria de agraceder à Katie Bressack por ter trazido esta estupenda série de entrevistas designada: Happy Healthy Hormones (Hormonas Saudáveis Felizes) que contou com ginecologistas, nutricionistas, médicas, especialistas em hormonas, professoras de yoga, cientistas e terapeutas holísticas focadas na saúde feminina.

Todas as mulheres que a Katie entrevistou (incluindo a própria Katie) são corajosas, por partilharem connosco as suas histórias e experiências e o que as levou a explorar o mundo da Saúde Feminina e do Equilíbrio Hormonal.

A série partilhou informação preciosa. Em quase todos os casos, uma das principais coisas a prestar atenção quando se fala de Equilíbrio Hormonal, é o papel da nutrição. A maneira como nos alimentamos é extremamente importante para a saúde.

Durante esta série ninguém mencionou o papel que os óleos essenciais podem ter no equilíbrio hormonal e, como tal, eu inspirei-me e irei partilhar esses benefícios no próximo post.

 

Alguns dos pontos principais mencionados durante as entrevistas foram:

– Como os modelos de sociedade ocidentais atuais sao masculinos, pois são completamente focados em produção, produção, produção; em ciclos de 24h e em como é importante que esses modelos se comecem a alterar para o bem da saúde;

– A importância e diferença que comer devagar pode fazer na digestão e, consequentemente, na saúde em geral;

– O impacto positivo que cortar no álcool, na cafeína, nos alimentos processados, nos lácteos e no açúcar (sobretudo no açúcar) tem no equilíbrio hormonal e saúde feminina geral;

– A importância de comer a quantidade certa de proteínas e de gorduras saudáveis e o que isso significa para a saúde feminina;

– A importância de escutarmos o nosso próprio corpo, sobretudo através da digestão e da menstruação, e compreendermos o que se está a passar connosco e como podemos apoiar o corpo para que esteja saudável. “Os médicos não são os deuses da nossa saúde. Somos nós próprias!”;

– A importância de olharmos para as causas de raíz e nao apenas nos focarmos em tratar os sintomas ou aceitarmos soluções que só se foquem em tratar sintomas, disfarçando o problema de base;

– O nefasto impacto das toxinas ambientais na natureza delicada das hormonas femininas e as três dicas principais para minimização desses danos: 1 – escolher orgânico, 2 – não usar plásticos para armazenar comida e 3 – não utilizar produtos com aromas sintéticos (velas, produtos de cuidados de pele, detergentes de roupa);

– A explicação para a pílula ser tão nefasta para a saúde feminina e as possibilidades alternativas com métodos contraceptivos. “Um dia vamos olhar para trás para esta época da História e pensar: o quê que andámos a fazer no que concerne a saúde feminina?”

– A importância de observarmos o nosso período, que é o relatório de saúde mensal do nosso corpo;

– Como conseguir uma transição suave e apoiar o nosso corpo durante a menopausa;

– Como o yoga pode apoiar o equilíbrio hormonal e a saúde em geral.

Estes foram apenas alguns dos pontos abordados nesta esclarecedora série de entrevistas com pessoas especializadas em equilíbrio hormonal. Note-se que quase todos mencionaram o papel fundamental das escolhas alimentares.

 

Se deseja apoiar o trabalho do Skin at Heart, visite a página do Patreon para informação exclusiva.

Deixar uma resposta