Entrevista com a Aromaterapeuta Raquel Carvalho

É a segunda vez que o Skin at Heart tem a honra de entrevista a Raquel Carvalho, uma naturopata e aromaterapeuta que gere a Clínica de Medicina Natural Raquel Carvalho e que é a fundadora da loja online Wulu onde é possível encontrar imensa oferta de produtos 100% naturais com certificação biológica, incluindo óleos essenciais.

Na primeira entrevista, a Raquel partilhou um pouco do seu percurso e dos serviços disponíveis na Clínica Raquel Carvalho e na Wulu. Nesta segunda entrevista, a Raquel partilha diversas dicas sobre a aplicação e uso de óleos essenciais.

 

1 – De entre toda a gama que existe de óleos essenciais, quais consideras mais importantes? Porquê? 

Todos os óleos essenciais são importantes, cada um à sua maneira! No entanto, existem 5 que são obrigatórios lá em casa, pois com eles conseguimos tratar uma grande variedade de situações.

O TOP 5 é então composto por, Lavanda, Tea tree, Hortelã-pimenta, Alecrim e Bergamota.

Com a Lavanda conseguimos tratar desde queimaduras a hiperatividade, com o Tea tree desde desinfetar feridas a superar traumas, com a Hortelã-pimenta desde dores de cabeça a entorses, com o Alecrim desde falta de memória à celulite e com a Bergamota desde insónias à febre. Isto são apenas algumas das suas imensas propriedades terapêuticas!

 

2 – Quais são os óleos essenciais que levas sempre contigo em viagem?

A minha bolsinha de óleos é sempre bastante recheada, no entanto não vou para sitio nenhum sem a Camomila, Tea tree e Hortelã.

Levo sempre também os mini rol-on para enjoos, picadas de inseto e pisaduras, por causa dos pequeninos.

 

3 – Qual a tua forma e/ou aplicação preferida para usar os óleos essenciais? Porquê?

A inalação é sem dúvida o meu método preferido de utilização dos óleos essenciais. Pode ser num difusor eletrico de vidro ou diretamente do frasco. Com esta forma de uso, os óleos essenciais atuam muito profundamente, desde a parte física à emocional. Através de sinais eletroquímicos, eles atuam diretamente no sistema límbico, que envia a informação para o hipotálamo, que por sua vez vai atuar no sistema endócrino e no sistema nervoso autónomo.

No entanto, se pretender uma ação mais direcionada aos orgãos, a massagem será a técnica escolhida.

 

4 – Que óleos essenciais recomendas para lidar com stress e ansiedade? Como usar?

O Óleo Essencial de Nardo é um excelente aliado no combate ao stress, ansiedade e depressão! Ele é harmonizante, acalma e reconforta.

A sua utilização mais direta é através da inalação pelo frasco, fazer sete inalações, 3 vezes ao dia. No entanto, pode também ser aplicada em cremes biológicos, para massagem, de forma a acalmar e relaxar através do toque, que é tão esquecido nos dias de hoje e é uma das ferramentas mais importantes no equilíbrio do ser humano!

 

5 – Que óleos essenciais recomendas para combater insónia? Como usar?

Na insónia, o Óleo Essencial de Bergamota é muito útil, pois é um indutor de sono, calmante e sedativo. O  Óleo Essencial de Lavanda Angustifolia e o de Camomila são igualmente importantes se o motivo da insónia for um desequilíbrio emocional. Pode-se fazer um preparado com estes 3 Óleos Essenciais, diluídos num Óleo Vegetal biológico de 1ª pressão a frio. Ao deitar, aplicar o preparado no rosto e no peito com uma leve massagem.

Colocar 6 gotas do  Óleo Essencial de Bergamota no difusor elétrico de vidro no quarto e ligar 10 min antes de ir para a cama, vai potencializar o efeito terapêutico.

 

6 – Que óleos essenciais recomendas para lidar com tristeza e depressão? Como usar?

O  Óleo Essencial de Toranja é uma ótima escolha para lidar com tristeza e estados depressivos. Ele estimula a supra renal, fazendo com que a pessoa sinta um input de energia e bem estar, ao mesmo tempo que tem propriedades relaxantes.

Inalar do frasco 3 vezes por dia, durante 10 min ou usar num difusor eletrico de vidro durante o dia.

 

7 – Há mais alguma dica prática que possas dar no que concerne os benefícios e a utilização dos óleos essenciais no dia-a-dia?

Os Óleos Essenciais atuam a nível físico, emocional e espiritual, por isso não podemos nunca esquecer, que é SEMPRE necessário ir ao cerne da questão e perceber qual o motivo que levou a pessoa a adoecer. Qual foi a emoção que a bloqueou, para podermos escolher o  Óleo Essencial mais adequado e a sua forma de utilização mais eficaz!

Assim, com esta forma de atuação, vamos  conseguir resultados realmente maravilhosos, pois vamos acalmar o sintoma e ao mesmo tempo, tratar a origem do verdadeiro problema.

 

O Skin at Heart agradece à Raquel pela disponibilidade e amabilidade em aceitar esta entrevista.

 

 

Se deseja apoiar o trabalho do Skin at Heart, visite a página do Patreon para informação exclusiva.

Deixar uma resposta